Notícia

Vendas no varejo apresentam crescimento de junho para julho

Outra boa notícia é que o setor de veículos, motos, partes e peças teve alta de 13,2%

Rede PitStop

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas) divulgou, no início deste mês, os dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), que apontou crescimento no volume de vendas do comércio varejista em 5,2% em julho em comparação com junho. É a terceira alta consecutiva do indicador, que cresceu 8,5% em junho e 13,3% em maio, e o melhor resultado para o mês, desde o início da série histórica, em 2000.
O varejo ampliado, que inclui também os segmentos de materiais de construção e de veículos e peças, cresceu 7,2% na passagem de junho para julho. O setor de veículos, motos, partes e peças teve alta de 13,2%, enquanto material de construção avançou 6,7%.
Sete atividades das oito pesquisas pelo IBGE, considerando comércio varejista, tiveram alta: livros, jornais, revistas e papelaria (26,1%), tecidos, vestuário e calçados (25,2%), equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (11,4%), artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (7,1%), combustíveis e lubrificantes (6,2%), outros artigos de uso pessoal e doméstico (5,0%) e móveis e eletrodomésticos (4,5%).
O volume de vendas também teve altas de 8,7% na média móvel trimestral, de 5,5% na comparação com julho de 2019 e de 0,2% no acumulado de 12 meses. No acumulado do ano, no entanto, ainda apresenta queda (-1,8%).

Fonte: IBGE

10/09/2020

Avalie:

Comentários (0)

Enviar seu comentário