Notícia

Saiba quais problemas podem danificar o radiador

A Valeo, fábrica apoiadora da Rede PitStop, explica as funcionalidades do radiador no sistema de arrefecimento e enumera quais problemas podem danificar a peça

Rede PitStop

O componente mais importante de um módulo de arrefecimento é o radiador. O radiador é o principal trocador de calor e está localizado na frente do motor ou, se estiver instalado ar condicionado, atrás do condensador. Transfere o calor emitido pelo motor para o ar ambiente por meio do líquido de arrefecimento.

A Valeo, fábrica apoiadora da Rede PitStop, explica ainda que a função principal do radiador consiste em redistribuir o calor gerado pelo motor, mantendo sua temperatura de trabalho sob controle, evitando superaquecimento. Este efeito é alcançado, principalmente, por meio do design do radiador. O radiador assemelha-se a um fole de acordeão, dispondo de uma grande área superficial. 

Quando o líquido de arrefecimento quente passa pelo radiador, o calor retido no líquido é dissipado pelas paredes do radiador. 

Depois que o radiador arrefece o líquido, este pode retornar ao motor. Este componente deve manter uma capacidade de arrefecimento adequada para que o veículo conserve um ótimo desempenho do motor. O radiador é desenhado para resistir a vibrações, torções, pressão, pulsações do motor e corrosão.

Conheça alguns problemas que podem danificar o radiador:

Aquecimento do motor
O superaquecimento do motor pode danificar o radiador. A temperatura pode ser acompanhada pelo ponteiro do termômetro no painel do veículo. Temperatura acima de 100 graus Celsius é sinal de problema.

Problemas com a válvula termostática
A válvula termostática pode apresentar problemas, como travamento. E isso pode acontecer quando não há quantidade correta de fluído no sistema. É possível ainda que, ao se identificar esse problema, haja ressecamento das mangueiras e a formação de resíduos, o que também pode levar ao superaquecimento do motor.

Vazamentos nas mangueiras
As mangueiras que ligam o radiador ao motor podem sofrer desgastes e apresentar furos. Sendo assim, pode ocasionar problemas no radiador, já que a água que é levada até o motor para o seu resfriamento não consegue concluir o seu curso.

Problemas na junta do cabeçote
O excesso de ar no sistema pode gerar problemas na junta do cabeçote e dificultar a circulação do fluído. É importante identificar rapidamente se a causa do problema é algum dano na junta do cabeçote, pois é possível haver danos ainda maiores para o motor caso não seja solucionado.

Fonte: Rede PitStop

27/11/2018

Avalie:

Comentários (0)

Enviar seu comentário