Notícia

Magneti Marelli alerta para problemas que podem interferir no consumo de combustível

Desgastes de componentes que participam da queima de combustível, como bobina, injetor e vela, podem interferir no consumo


Rede PitStop

A Magneti Marelli, fábrica apoiadora da Rede PitStop, traz dicas que ajudam na redução do consumo de combustível. Uma delas é atentar para o estado de conservação dos componentes que participam da queima de combustível. O desgaste dessas peças irá interferir com certeza, mas há outros sistemas que influenciam direta ou indiretamente no consumo, como injeção eletrônica e ignição.

A Magneti Marelli lembra ainda que a injeção eletrônica estabelece em tempo real os padrões de operação de cada componente. Ou seja, quando alguma peça não desempenha sua função corretamente devido a algum desgaste, o sistema precisa compensar essa perda. E isso eleva o consumo. Também é importante ter atenção ao sistema de ignição, pois as velas sofrem desgaste natural e, com o tempo, fica mais difícil produzir a centelha responsável pela queima da mistura ar-combustível. O resultado? Menor aproveitamento do combustível e maior consumo. Além disso, se a vela está desgastada, exige maior “esforço” das bobinas de ignição e dos cabos de vela, acelerando o desgaste desses itens.

Por fim, outro componente que pode influenciar e deve ser revisado regularmente é a bomba de combustível, que na grande maioria dos veículos é elétrica, assim como os filtros do sistema de alimentação.

Alguns indícios que devem chamar a atenção do proprietário do veículo para procurar uma oficina mecânica incluem: acendimento das luzes indicadoras no painel, marcha lenta irregular, oscilações de aceleração, motor que “apaga” sozinho, performance baixa e dificuldades na partida. Vale reforçar sempre que o modo de condução também impacta bastante no consumo de combustível.

Fonte: Cofap

26/04/2022

Avalie:

Comentários (0)

Enviar seu comentário